“Não dá para escolher se você vai ou não vai se ferir neste mundo, meu velho, mas é possível escolher quem vai feri-lo. Eu aceito as minhas escolhas.”
-A Culpa é das Estrelas
Que seja doce
13 hours ago
8,505 notes
via · source
reblog this

There will be books written about Harry, every child in our world will know his name.

13 hours ago
54,723 notes
via · source
reblog this
Sempre temos nossas recaídas. Afinal, até o céu chora.
Clarice Lispector.  
13 hours ago
6,476 notes
via · source
reblog this

"Desculpe, não posso sair hoje, um personagem do livro que eu to lendo morreu."

13 hours ago
549 notes
via · source
reblog this
O amor não espera, não espera que que você termine a faculdade, que arrume um bom emprego, não ouve o ‘tic e tac’ do seu relógio biológico apitando. O amor não quer saber se você está preparado pra recebe-lo com braços abertos, se o dia está ruim, o ônibus lotado. O amor é impontual assim como qualquer boa surpresa. Chega manso e sem artifícios, cotidiano. O amor não tem culpa se você esperava um sol sempre se pondo, carnaval o ano inteiro, eternamente meia noite de um novo ano. O amor vem, você querendo ou não. Como um dia nublado de domingo, preguiço e tão simples que talvez você não o note. E se você não notar a presença do amor ele simplesmente faz suas malas e vai embora tão rápido quanto um fim de semana.
Epigrafias  (via meudoce-amor)